12°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Economia

Os três maiores erros das empresas que não tem lucro

teste
Simone Angela Prigol Santolin
Por Simone Angela Prigol Santolin - Consultora Financeira
Foto Divulgação

Quando os negócios não vão bem, pode ser o momento de repensar a forma como as finanças estão sendo conduzidas. A gestão financeira de uma empresa é de extrema importância sendo que o planejar, organizar e controlar são ações obrigatórias na rotina financeira para possíveis erros.

Para ter uma empresa com uma boa saúde financeira é necessário estabelecer bons processos e cuidados básicos com a operação da empresa.

Considero 3 erros grandes erros na gestão financeira que prejudicam o o lucro e o crescimento das empresas:

1. Falta de conhecimento de gestão financeira

A gestão financeira de uma empresa exige a busca pelo aprimoramento contínuo. Empreendedores que estão em zona de conforto podem colocar as finanças da empresa em sérios problemas. Na falta de conhecimento sobre custos e despesas, o empreendedor acaba não conseguindo definir uma política de preços competitiva e coerente, além disso, fica impossibilitado de realizar qualquer tipo de economia e planejamento.

O profissional responsável pela área financeira da empresa precisa ter domínio sobre os processos executados diariamente. É através desta área que o gestor pode controlar estoque, vendas, recebimentos, pagamentos, capital de giro e saber sua real situação financeira.

Através deste detalhamento, o gestor poderá decidir qual a melhor decisão a se tomar, tendo sempre por base a sua real situação financeira.

2- Não calculador o preço de venda corretamente

 

Muitas empresas estipulam os preços de vendas através de forma não completa por falta de conhecimento dos custos e despesas, ou mesmo pela falta de informações, muitas empresas têm que lidar com prejuízos nas suas vendas e, eventualmente, acabam comprometendo diretamente o bom funcionamento do negócio.

Conhecer os custos de produção, custos operacionais, despesas fixas e variáveis, mercado concorrente e público-alvo, é essencial para estabelecer um preço justo, que seja competitivo frente à concorrência.

A gestão financeira é a base para uma precificação correta. Se o empreendedor mantiver o controle e planejamento de tudo o que influenciou até o produto final, sem dúvida, será possível estabelecer um preço de mercado com certa margem de contribuição, além de manter o fluxo de recursos para continuar produzindo.

3-Não ter um planejamento estratégico da gestão financeira

Todo empreendedor precisa levar em conta um bom planejamento de gestão financeira. É por meio dele que o empreendedor poderá controlar suas funções de acordo com os objetivos estabelecidos, direcionando-se ao que deve ser feito no futuro em relação às finanças.

Empreendedores que aliam suas metas a um bom planejamento financeiro, conseguem estabelecer diretrizes de mudança e crescimento na empresa, preocupando-se com uma visão analítica, considerando a política de investimento e financiamento do negócio.

A Gestão Financeira baseada em conhecimentos técnicos aplicados na pratica do dia a dia é o diferencial pra a empresa crescer com lucratividade!

 

simone@preditta.com.br

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas