14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Hospinorte promove treinamento para profissionais dos hospitais associados

Temas foram Atendimento ao Cliente e Hotelaria Hospitalar e Lavanderia

teste
Enfermeira Maritânia L. Wittzinski falou sobre atendimento ao cliente
Enfermeira Débora de Oliveira
Por Ascom
Foto Divulgação

Consciente da importância da qualificação dos profissionais que atuam nos hospitais associados, a Hospinorte – Associação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Norte do RS – realizou, no dia 14 de julho, um novo treinamento. Desta vez, de forma presencial, respeitando todos os protocolos de prevenção à disseminação da Covid-19, como distanciamento, uso de máscara e álcool em gel. A tarde foi dividida em dois temas: “Atendimento ao Cliente - A Importância de um Olhar Integral”, ministrado pela Coordenadora Assistencial do Hospital de Caridade de Erechim, enfermeira Maritânia L. Wittzinski; e “Hotelaria Hospitalar - Processos de Higienização e Lavanderia”, sob a responsabilidade da Coordenadora de Higienização e Rouparia do Hospital de Caridade, enfermeira Débora de Oliveira.

            A enfermeira Maritânia Wittzinski iniciou seu treinamento chamando a atenção para que o cuidado deve ser o foco de todo o trabalho em saúde, tendo em vista que a intervenção para a ação tecnológica de cada profissional vai além do núcleo de saber isolado. Segundo ela, o cuidado integral é parte fundamental para a prática de um atendimento de qualidade, imprescindível, portanto, para a formação dos profissionais que atuam em saúde e deve ser constante. Segundo ela, a experiência do paciente é o mais recente assunto relacionado à humanização dos cuidados de saúde e corresponde à soma de todas as interações, moldadas pela cultura da organização, que influenciam a percepção do paciente através da continuidade do cuidado. Relaciona-se com a forma como o cliente/paciente apreende o que vê, o que ouve e o que sente quando recebe cuidados.

            Por isso, em cada ambiente da instituição hospitalar o paciente deve ser atendido com cordialidade, atenção, percepção dos sintomas e da forma mais humanizada possível e não apenas sob a aspecto tecnológico. Maritânia falou sobre o passo a passo para que isso aconteça e também abordou os seis itens imprescindíveis para a segurança do paciente: Identificar corretamente o paciente; melhorar a comunicação  entre profissionais de saúde; melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e paciente corretos; higienizar as mãos para evitar infecções e reduzir o risco de queda e úlceras de pressão. De acordo com a palestrante, o compromisso de todos é melhorar a saúde do paciente.

PROCESSOS DE HIGIENIZAÇÃO E LAVANDERIA

A segunda palestra, que teve como foco os processos de higienização e lavanderia, foi bem técnica e explicativa. A enfermeira Débora de Oliveira abordou a hotelaria hospitalar, os objetivos da higiene com segurança e qualidade, os propósitos do Serviço de Higienização que visa evitar, reduzir e controlar o risco de o paciente adquirir infecções hospitalares, por meio da utilização das técnicas e dos princípios básicos de higiene. Segundo ela, a finalidade é contribuir para a recuperação do paciente através de um ambiente seguro, confortável e, também, busca a satisfação dos familiares, acompanhantes e colaboradores.

Débora apresentou o tempo de sobrevivência de determinados germes no ambiente, falou sobre o processo físico e químico para eliminar microorganismos, comentou sobre os tipos de materiais de limpeza mais utilizados e sobre a classificação das áreas hospitalares relacionadas à higienização. A enfermeira abordou os tipos de limpeza, importância da constante higienização das mãos e os princípios básicos para higienização hospitalar. Débora encerrou falando sobre os processos da lavanderia hospitalar.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas