Euro R$ 3,85 Dólar R$ 3,26

Publicidade

Saúde

Erechinense desenvolve técnica inovadora

Por Izabel Seehaber
Foto Izabel Seehaber

O dentista erechinense, mestre em ortodontia, Temistocles Uriarte Zucchi, atua na profissão há 18 anos e desenvolveu um método inédito em todo o mundo, denominado Duplo Slot.

A pesquisa desenvolvida por Zucchi resultou na criação de uma peça que promete reduzir, em alguns casos, o tempo dispensado ao tratamento ortodôntico e proporcionar mais conforto aos pacientes e facilidades aos dentistas.

Entenda as técnicas

O aparelho ortodôntico possui uma peça conhecida como bracket, a qual é colada nos dentes. Também há um fio que vai fazer o movimento do elemento dentário. O fio é preso por uma borracha colorida, a qual as pessoas trocam em torno de uma vez por mês, isso se chama ajustar o aparelho. O que há de mais moderno é uma peça, também colada no dente, mas que possui uma espécie de tampa, sem a borracha.

Segundo o dentista, a borracha em contato com o dente é capaz de provocar muito atrito de movimento. Por isso, a nova técnica, que possui duas maneiras de fechamento, pode facilitar o movimento dentário e teve maior reconhecimento a partir do ano 2000.

A inovação

Diante das tecnologias, Zucchi e o colega porto-alegrense, Chune Janovich, desenvolveram uma peça com tampa e que unifica as técnicas mais modernas existentes no mundo. Entre os benefícios do Duplo Slot é a proporção de baixo atrito do movimento dental, melhores resultados no tratamento e até a redução, em muitos casos, do tempo de tratamento, além de outras vantagens. O tempo de visita ao ortodontista também pode aumentar e ao invés de 30 dias, o paciente pode fazer a revisão a cada 60 ou 90 dias, por exemplo.

O desenvolvimento

Os profissionais foram para os Estados Unidos entre os anos de 2003 e 2004 e aprofundaram as pesquisas, trazendo essa técnica para o Brasil. Aos poucos o trabalho foi sendo aperfeiçoado e em 2009, em continuidade à busca por melhorias e baseando-se em comentários de outros colegas, surgiu a ideia de desenvolver uma peça para agregar as tecnologias.

A aprovação da ideia ocorreu em 2014. Também foi solicitada a patente no Brasil, considerando que é um método que não existe em outro local.

Outro aspecto de destaque é que, desde 2014, os dentistas firmaram uma parceria com a empresa Aditec, de São Paulo, para a produção dessa peça.

Zucchi e os colegas também realizam cursos, palestras e outras atividades sobre o assunto, tais como grupo de estudos.

“Observamos esse projeto como o futuro da ortodontia, pois como agrega várias técnicas, a ideia é divulgar o máximo possível e aguardar para que os dentistas utilizem essa filosofia de tratamento que pode proporcionar facilidade tanto para o profissional como conforto para o paciente”, ressalta.

Durante esse processo de divulgação, outros dois profissionais também se aliaram ao projeto. O erechinense Rafael Soligo e o Thaer Hamid, de Venâncio Aires, integram a equipe de estudos do Duplo Slot.

No que se refere aos custos, o pesquisador erechinense informa que não se torna muito alto em razão de a empresa ser brasileira. O projeto também irá contar com um site cuja previsão é que esteja disponível nos próximos 15 dias: www.duploslot.com.br.

 

 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas