25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Prisão de índios gera tensão em Sananduva

Lavouras de trigo foram queimadas em represália a decisão da Justiça Estadual

teste
Foto: Eduarda Bombarda / Radio Tapejara
Por Antonio Grzybovski
Foto Eduarda Bombarda / Radio Tapejara

Lavouras de trigo foram queimadas em represália a decisão da Justiça Estadual

Na região Nordeste, mais precisamente no município de Sananustiça duva, o domingo (20) foi marcado pelo clima de tensão. No distrito de Bom Conselho, índios atearam fogo em lavouras de trigo em represália a decretação da prisão de Ireni Franco e Leonir Franco. Os dois homens são acusados de extorsão, ameaça e outros crimes. A informação é do Procurador do Estado e membro da CPI da Funai na Câmara dos Deputados, Rodinei Candeia. As prisões foram decretadas pela Justiça Federal.

Em nota publicada em uma rede social, Candeia diz que “em algumas propriedades, a perda das lavouras de trigo foi total. O clima na região é de guerra e a população está com muito medo. O Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar já está na região e a Polícia Federal procura por Leonir e outros foragidos”, salienta.

Em outro trecho Rodinei Candeia esclarece que os referidos indígenas têm envolvimento em diversos crimes, inclusive de homicídio. “A CPI da Funai e do Incra já tinha apurado que esses líderes indígenas praticavam vários crimes e violências na região e tinham proteção do Ministro da Justiça do Governo Dilma, que impedia a sua responsabilização.O pedido de prisão anterior não se realizou porque o Procurador da República de Erechim, Carlos Eduardo Raddatz Cruz, se posicionou contra, não obstante a existência de provas materiais dos crimes e a ameaças constantes praticadas pelos criminosos”, finaliza Candeia.

O Jornal Bom Dia acompanha o caso e novas informações podem ser publicadas a qualquer momento.

 

*Colaborou: Leandro Zanotto

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas