Publicidade

Cultura

Projeto que exibe curtas-metragens retorna em 2018

Por Assessoria
Foto Divulgação

O projeto ‘No cinema e na vida’ desenvolvido pelo Departamento de Cultura, Esporte e Turismo, proporcionou desde o mês de novembro cinco sessões de curtas-metragens. Na quarta-feira (27), foi apresentado o último filme do ano. A atividade é realizada na sala anexa à da Biblioteca Municipal Gladstone Osório Mársico e tem parceria com a psicóloga e doutora em educação, Maria Emília Bottini.

As 69 pessoas que participaram dos encontros assistiram aos curtas: Dia de los muertos, Meu amigo Nietzsche, Vida Maria, Garra Rufa e, Os fantásticos livros voadores do Sr. Morris Lessmore. A atividade, ocorre quinzenalmente, sempre nas quartas-feiras, às 19h, com exibição de um filme e debate sobre a temática proposta, depois da sessão.

A psicóloga e doutora em educação, Maria Emília Bottini, que é a responsável pelo projeto, avalia positivamente os encontros. Acrescenta que foi construído um espaço de diálogo quando foram propostos temas como a morte, educação e literatura. “As pessoas que participaram gostaram muito e retornaram. Foi um espaço para discutirmos juntos e ampliarmos nossos horizontes de percepção de mundo,” comenta.

Maria Emília adianta que a ideia não vai parar. Diz inclusive que, para o mês de janeiro, duas sessões já estão programadas. No dia 17 será apresentado o filme O Homem Bicentenário e, no dia 31 projeção da obra A cor do Paraíso, que terá como debatedor o sociólogo e doutor em desenvolvimento sustentável, Eliziario Toledo.

A entrada é gratuita e o público-alvo a comunidade em geral, professores, estudantes, frequentadores da biblioteca e pessoas que gostam de cinema.

Publicidade

Blog dos Colunistas