Publicidade

Cultura

Feira do livro: 100 anos em palavras

Organizadores destacam diferenciais do evento que inicia dia 26 e fará parte da programação do centenário de Erechim

Feira do livro
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Najaska Martins

Com o tema "Erechim: 100 anos em palavras", a 19 dias de seu início, um dos principais eventos culturais de Erechim já tem sua programação articulada. Projetada para iniciar no dia 26 de novembro, a Feira do Livro deste ano será realizada na primeira quadra da Rua Nelson Ehlers, no centro da cidade e terá atividades até o dia 2 de dezembro. Em entrevista ao Bom Dia, os organizadores adiantam um pouco do que o público que visitar a feira poderá encontrar.  O evento pretende, além dos lançamentos, resgatar a história dos 100 anos de Erechim através de encontros e bate-papos com ex-patronos e pessoas que fizeram parte da história de Erechim e comunidade.

Sobre o local deste ano, os assessores do Departamento de Cultura, Fernando Losado dos Santos e Tainete Farina, explicam o diferencial da realização em um espaço aberto. “O evento realizado na rua aproxima a comunidade das atividades propostas, facilitando o acesso. A feira do livro já aconteceu neste local no passado e teve grande sucesso. Assim como em grandes feiras de livro em outras localidades, pretendemos promover a integração das pessoas”, destacaram.

Para a edição deste ano, eles adiantam que estão programadas diversas atividades, a exemplo do lançamento de mais de 20 livros de autores erechinenses e de 500 livros de alunos das escolas municipais de Erechim através do projeto Pequeno Escritor. Citam ainda que haverá espaço coletivo para autores locais exporem seu trabalho, palco para espetáculos e palestras e auditório fechado com capacidade para até 150 pessoas. “A programação foi composta por atividades de entidades educacionais e culturais da cidade, com grande ênfase na promoção do livro e leitura. Teremos vários momentos de contação de histórias, espetáculos que incentivam a leitura, atividades lúdicas voltadas para a literatura e ambientes institucionais com atividades diversas para atender o público de todas as idades”, explicam os organizadores.

Programação oficial será lançada na próxima semana

Embora não adiantem nomes, já que estas informações serão divulgadas no lançamento oficial da feira, previsto para o dia 13, quando serão divulgados todos os palestrantes e toda a programação, Fernando e Tainete explicam que já estão conformados 10 expositores, sendo seis de Erechim e outros quatro de fora do município. Quando questionados sobre o desafio de enfrentar o mercado online, eles ressaltam ainda que o principal motivo de a feira estar na rua é aproximar o leitor, promover a troca de informações, estimular o diálogo e principalmente fomentar nas crianças o hábito da leitura e o contato com o livro físico.  Além disso, também são promovidas promoções especiais e ações que incentivam a aquisição do livro.

 

A Secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Vanir Clara Bernardi Bombardelli, destaca que desde a concepção da Feira foram envolvidos vários parceiros e comunidade organizada através de entidades como Instituto Jaci De Lazzari, Edelbra, Unimed Erechim, SESC Erechim, AEL, CDL, Sindilojas, comerciantes da Rua Nelson Ehlers, Escolas entre outras.”Através da integração das Secretarias Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo um número muito grande de alunos estará visitando a feira em momentos distintos”, projeta.

Patrono e homenageado

Na edição deste ano da Feira do Livro, o patrono será Elídio Scaranto e o homenageado Jaci José De Lazzari. “Historicamente a escolha do patrono passa por uma comissão dos ex-patronos que, juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo definem através de aspectos relevantes a cultura, educação e história com o município de Erechim. Diferente de outros locais, Erechim preza pela escolha de nomes locais, valorizando aqueles que contribuíram e contribuem com a história do município”, completam Tainete e Fernando.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas