0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Política

Erechim nunca será forte se a região não for forte

Se queremos continuar mais varejo e menos atacado, é bom todo mundo correr para comprar um pires, pa
Por Rodrigo Finardi
Foto Rodrigo Finardi

O estrategista eleitoral, Paulo Di Vicenzi, que trabalhou na campanha vitoriosa do prefeito de Erechim, nas eleições de 2016, tem o costume de ler a coluna para acompanhar como anda a política local. Ontem, encaminhou mensagem via WhatsApp, sobre artigo que escrevi com o título “está na hora dos partidos amadurecerem e pensarem além da eleição”.

Quando o barco não sai do lugar

Di Vicenzi, no largo de sua experiência disse que: “muito oportuno teu comentário de hoje provocando os partidos a pensarem além da próxima eleição. Se pensam em desenvolver e fazer Erechim evoluir, a linha do horizonte deve ser os próximos 25 ou 50 anos. Enquanto cada um remar por conta para o seu cantinho o barco não sai do lugar”.

Cada um protegendo sua igrejinha

E foi além: “É preciso visão mais longa e comando para determinar uma única direção. Partidos e políticos devem pensar menos no varejo e mais no atacado. Erechim nunca será forte se a região não for forte. Precisa deixar um pouco o ego de lado, parar de buscar migalhas de votos pulverizados entre número excessivo de competidores que só fulminam a representação política da região. Erechim pode e deve assumir o protagonismo liderando um movimento com foco regional. Enquanto cada um continuar pensando apenas em proteger a sua igrejinha, o tempo passa e Erechim não sai do lugar. Por que é tão difícil cair essa ficha? ”, escreveu Di Vicenzi.

De forma efetiva e não da boca para fora

Colocação certeira. E que sirva para que os políticos reflitam. Façam uma reflexão verdadeira. Pensem o que querem para Erechim de forma efetiva e não da boca para fora. Se queremos continuar mais varejo e menos atacado, é bom todo mundo correr para comprar um pires, para continuarmos mendigando migalhas em órgãos públicos estaduais e federais.

Erechim do futuro

Outro empresário que leu a coluna de ontem (24) sobre um projeto a longo prazo dos partidos de Erechim, teceu alguns comentários: “Tenho visto atitudes, comportamentos, entidades e outras disputando migalhas de miséria...uma lástima”.

Para esse empresário o próximo prefeito terá que ser forte:  “Prefeito sozinho contra todo este sistema egocentrista não vai fazer muita coisa. Precisamos de um grande projeto para o Erechim do futuro.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas