0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

País

Redes sociais invadidas após pedido de demissão de Sérgio Moro

Foto 1.jpg
Por Rodrigo Finardi
Foto Rodrigo Finardi

Após o pedido de demissão de Sérgio Moro, do Ministério da Justiça, as redes sociais foram invadidas, por mensagens de apoio ao ex-juiz. A coluna Pente Fino separou algumas:

“Homem honrado, sai ainda maior desse episódio. Meu profundo respeito e admiração por tudo o que tem feito em prol do combate à corrupção”

Luciano Vaccaro, Promotor de Justiça

 

“E como ficamos agora sem esta referência? Justiça é assunto para ser conduzido com muita coragem e responsabilidade”

Fabio Vendruscollo, presidente da Associação, Comercial, Cultural e Industrial de Erechim

 

“Se o que os meus olhos viram agora há pouco for verdade, esse será o início do fim. É duro ter que admitir, mas as esquerdas e o centrão ‘democrático’ herdarão novamente o poder neste país. E não há nada que possa impedi-los”

Thales Zamprogna de Souza, Advogado.

 

“As imagens públicas de Bolsonaro e Moro estavam fundidas no imaginário da extrema-direita brasileira. Ambos eram heróis de uma mesma causa. Hoje, Moro não apenas se demitiu, mas fez acusações gravíssimas contra o presidente. Quem se manterá de pé?”

Luís Fernando Santos Corrêa da Silva, diretor da UFFS Campus Erechim

 

“Com as declarações do agora Ex-Ministro Sérgio Moro... e seus desdobramentos... o Brasil pode voltar a ter um General no comando... alguns acreditavam que a saída seria à francesa... ledo engano... foi devastadora” 

Keise Terribile, Jornalista

 

“Lamento a saída de Moro. Contudo, tenho absoluta certeza que os trabalhos da Polícia Federal seguem imutáveis, como polícia de Estado que é. Muito Obrigado Sérgio Moro e boa sorte novo Ministro da Justiça, a ser indicado pelo presidente da república, Jair Bolsonaro”.

Ubiratan Sanderson, deputado federal RS e delegado da Polícia Federal

 

“Hoje sofreram derrota o trabalho técnico, o combate à corrupção e a valorização do mérito. A saída do Ministro Moro, na forma como se deu e pelas motivações apresentadas, em um momento delicado da vida do país, abala os brasileiros que lutam por um país mais justo e transparente”

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas