22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,25 Dólar R$ 5,29
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,25 Dólar R$ 5,29

Publicidade

Cultura

Liderança Duradoura, um livro necessário

Obra de autoria do médico e escritor Nilson Luiz May - a qual tive o privilégio de realizar a apresentação -, foi lançada em ‘live’ na quinta-feira, 25.

Livro traz princípios e valores fundamentais para construção e manutenção da liderança.
Por Salus Loch
Foto Divulgação

Embasado no conceito de que a liderança é uma jornada e não um destino, ‘Liderança Duradoura - Cinco Décadas de Vivências Reveladas’, de Nilson Luiz May, aponta caminhos sólidos e fundamentais à construção e preservação de carreiras.

Lançado nesta quinta-feira, 25, em ‘live’ com a presença de dirigentes e colaboradores do Sistema Unimed-RS - ocasião em que celebrou-se os 48 anos da Federação Unimed/RS e o primeiro aniversário da Casa da Memória Federação Unimed/RS - a obra é um verdadeiro guia para quem sonha em chegar ao topo, ou, então, quer se manter por lá; ainda mais agora, diante do cenário de incertezas decorrentes da pandemia de coronavírus, que coloca de joelhos sistemas sanitários mundiais e afeta negócios em todas as áreas. Afinal, como ensina May, a modernidade líquida não pode prescindir da liderança sólida.

Para todos os públicos

Pessoalmente, por ter feito parte do projeto desde seu início, atuando como uma espécie de provocador para que May colocasse no papel seus 50 anos de liderança, o lançamento representou um momento especial e diferente, eis que virtual, apesar da presença online de cerca de duas centenas de pessoas.

Durante duas horas - tempo que durou a ‘live’ -, tive o privilégio de mediar um agradável bate papo com o autor, que trouxe os bastidores da construção do livro, além de reforçar a importância dos princípios e valores, comprovando que ‘Liderança Duradoura’ surge como um farol capaz de iluminar as diferentes etapas e desafios de CEOs, presidentes, administradores, ocupantes de cargos públicos, médicos, estudantes, gestores e gerentes do presente e do futuro.

Digo, contudo, que a obra também é válida para cada homem e mulher, jovem ou maduro, que pretenda entender melhor os meandros da vida.

Diferença fundamental

Diferente de outras títulos do tipo que invariavelmente retratam décadas de liderança contadas sob o olhar de terceiros, May positiva, em primeira pessoa, meio século de  proeminência com narrativa forte e reveladora, a partir de bastidores e passagens inéditas de sua vida.

Editado pela Scriptum Produções Culturais, de Porto Alegre, e impresso pela Edelbra, de Erechim, o livro traz acertos, tropeços, aprendizados de um homem que, desde cedo, escolheu o caminho da liderança - algo que ele próprio avisa, ‘não é para todos’.

Na raiz do sucesso, porém, estão princípios e valores inarredáveis - verdadeiros alicerces de qualquer carreira exitosa, entre os quais estão organização, coragem, respeito, transparência, resiliência, conhecimento e cultura.

Novidades

Além de projeto gráfico inovador, com formato de fácil manuseio assinado por Flávio Wild, ilustrações (cartoons), de autoria de Ronaldo Cunha Dias, e aforismos destacados, há um capítulo assinado pelo crítico de cinema Marcos Santuário com sugestões de filmes que podem sedimentar, em som e imagem, cada uma das características que moldam o perfil de um líder.

Para conhecimento, apresento algumas máximas da obra:

“São as ações que permanecem, e não os discursos”.

“O líder precisa ser justo, antes de generoso”.

“O respeito e a humanidade enaltecem a pessoa, tornando-a motivo de admiração e reconhecimento”.

O tempo não apaga o poder da verdade”.

“Quem dá a última palavra e assume riscos e responsabilidade é o lider”.

“Para motivar os outros, o líder precisa estar focado, preparado e ciente da missão e dos valores da empresa”.

“A única hipótese não permitida ao líder é a indecisão”.

“A coragem e o medo são polos opostos. Habitam nos extremos da linha estendida da liderança”.

“Em todas as manifestações verbais ou escritas, o líder deve ser transparente , sem deixar dúvidas de interpretação”.

“O líder 4.0 deve ‘entender de gente’ e das relações humanas”.

 

Principais erros que destroem a liderança

- Fraqueza moral (nos princípios e valores);

- Indecisão;

- Medo de enfrentar dificuldades;

- Agir como ‘chefe’;

- Não sustentar a palavra empenhada;

- Arrogância e prepotência;

- Hipocrisia;

- Montar equipes com base em concessões e favores;

- Não delegar.

 

O autor

Médico e escritor, Nilson Luiz May é presidente do Sistema Unimed Rio Grande do Sul desde 1985. Exerce também a presidência da Unimed Participações S/A, com sede em São Paulo, desde 2010.

Em seu ofício literário já publicou sete livros e participou de 12 antologias coletivas. É membro titular da Academia Rio-Grandense de Letras e da Academia Sul-Riograndense de Medicina.

 

A Scriptum

Empresa voltada à disseminação de temas culturais, a Scriptum (www.scriptumpc.com.br/home) publica sua primeira obra com enfoque na área de gestão e liderança. A editora também oferece palestras com escritores, professores e especialistas em diferentes áreas.

 

# Considerando a demanda inicial de ‘Liderança Duradoura’, o próprio May tem assumido compromisso de levar os ensinamentos do livro adiante, a partir de conferências online e, quando a covid-19 permitir, encontros presenciais. Para o início de setembro, por exemplo, está prevista participação do autor no Tá na Mesa, da Federasul, com palestra sobre a obra.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas