16°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,44
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,44

Publicidade

Cultura

Grupos realizam live para arrecadar doações

Ação, que será realizada hoje (10), às 20h30, beneficiará famílias em vulnerabilidade social

Grupo de pagode, Ki Resenha
Dupla sertaneja, Marcelo & Rodrigo
Por Amanda Mendes
Foto Divulgação

A união de dois conjuntos musicais irá proporcionar uma live beneficente, para arrecadar recursos que serão destinados para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Com esse objetivo, a dupla sertaneja Marcelo & Rodrigo e o grupo de pagode Ki Resenha, ambos da região do Alto Uruguai gaúcho, se apresentam nesta sexta-feira (10), às 20h30, com transmissões pelo Facebook e Instagram.

Marcelo Pessoa, que participa dos dois grupos contou à reportagem do Jornal Bom Dia, como a ideia surgiu. “No dia 5 de junho, meu irmão Rodrigo, dois amigos nossos e eu, fizemos uma live para abrandar um pouco a situação que estamos vivendo, por causa da pandemia provocada pela covid-19, bem como, amenizar a saudade que estávamos de tocar”.

“Nos surpreendemos quando observamos que tínhamos quase 7 mil visualizações. Com isso, optamos por reeditar essa apresentação, agora com mais capricho e profissionalismo, tanto na produção quanto na transmissão, para aproveitar essa visibilidade e arrecadar doações para ajudar pessoas em vulnerabilidade social”, acrescentou.

Apresentação em dois momentos

Marcelo explica que a live será dividida em dois momentos: primeiro com música sertaneja e gaúcha e a segunda parte com o grupo Ki Resenha.

“Primeiro será a dupla Marcelo & Rodrigo, ou seja, meu irmão e eu, com participação do gaiteiro erechinense, Vomir Gonçalves, e do baterista de Getúlio Vargas, Fred Rodrigues. Na segunda parte será a banda Ki Resenha, na qual eu participo como vocalista”, pontuou o músico.

O grupo Ki Resenha é composto, ainda, por Maurício Oliveira, Adimilson Pasquatto, Diego Zil, Jean Mazotti e Rodrigo Pessoa.

Grupos iam estrear neste ano

Marcelo destaca que tanto a dupla sertaneja, quanto o grupo de pagode, estavam ensaiando para iniciar as atividades neste ano. “Nossa estreia não será como estávamos planejando, mas a causa é muito importante, por isso, estamos felizes em poder contribuir”.

Os conjuntos são formados por músicos de Erechim e Getúlio Vargas.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas