25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Cultura

50 anos do conjunto Os Monarcas serão celebrados pelo Legislativo em sessão solene nesta quinta

teste
1.jpeg
Por Assessoria
Foto Divulgação

Poucos são os grupos que, em meio século de carreira, conseguem manter sua essência e preservar a autenticidade da música tradicionalista gaúcha. Por estes motivos – além do inegável talento para compor canções consagradas –, o Poder Legislativo erechinense prestará homenagem ao conjunto Os Monarcas, que em 2022 celebra 50 anos de sua fundação. A partir de proposição conjunta dos 17 vereadores, será entregue Menção Honrosa aos músicos em sessão solene nesta quinta-feira (4). A atividade terá início às 20h, no plenário da Câmara Municipal, e será aberta à comunidade.

 

Formado atualmente por dez integrantes, Os Monarcas registram números sólidos e expressivos ao longo de sua trajetória: o grupo tem 47 trabalhos gravados, tendo conquistado dez discos de ouro, prêmios e honrarias de grande importância, como a Medalha do Mérito Farroupilha, oferecida em 2012 pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, e a Comenda Boa Vista do Erechim – Centenário, concedida em 2019 pelo Legislativo erechinense. Além disso, a música “Erechim, História e Canto”, de autoria de Leonardo e do líder-fundador d’Os Monarcas, Gildinho, é considerada o “Hino Nativista Erechinense”, e também foi reconhecida como Patrimônio Musical Cultural do estado.

 

Conhecidos pelo estilo fandangueiro e animado, Os Monarcas contam com um repertório de inúmeros sucessos, como “Bugio do Fole Solto”, “Cheiro de Galpão”, “De Chão Batido”, “Não Encosta a Barriguinha”, “O Brasil de Bombacha”, “O Vento”, “Santuário de Xucros”, “Sistema Antigo”, “Sonhando na Vaneira”, “Vaneira Grossa”, “Milonga pra ti”, “Eu vim aqui pra dançar”, “Rancheira Puladinha”, “Cantar é Coisa de Deus”, entre tantas outras.

Publicidade

Blog dos Colunistas